A educação na Austrália começa com a pré-escola, seguida de doze anos de escola primária e secundária (similar ao novo sistema de ensino das escolas brasileiras). Os estudantes brasileiros que cursaram até o terceiro ano do ensino médio podem se inscrever para estudar um ano em uma escola australiana.
O ano acadêmico inicia na última semana de janeiro ou início de fevereiro e acaba no final de novembro ou início de dezembro. É dividido em 4 termos de 10 semanas cada. As férias de verão duram em torno de 8 semanas, no período do Natal e Réveillon. Para brasileiros, é possível cursar 6 meses (2 termos) com início em janeiro ou julho, ou 1 ano (4 termos), com início em janeiro.
A Austrália oferece escolas públicas e privadas. Algumas mistas, outras somente para meninos ou somente para meninas. Há opções em praticamente todas as cidades da Austrália, nas capitais, cidades litorâneas, lugares calmos ou agitados.

Existem dois programas oferecidos pela ETC:

Com escolha de região: Queensland – Queensland possui o melhor clima da Austrália e á conhecido pelo seu estilo de vida ativo e ao ar livre, que oferece aos estudantes uma grande variedade de atividades. Os estudantes podem participar de grupos de artes e música vibrante ou aproveitar os finais de semana fazendo esportes, muitas aventuras ou até mesmo relaxando. Nesta opção você pode escolher qual cidade quer morar ou não escolher. O importante é a certeza que viverá nesse estado tão querido.

Sem escolha de região – Esta modalidade é ideal para o aluno altamente flexível, aberto à experiência que lhe for oferecida e disposto a cumprir com os pré-requisitos mais rígidos. Os estudantes são colocados em cidades de porte pequeno a médio, podendo ser colocado inclusive em zonas rurais.

Pré-requisitos:

  • Ter pelo menos 15 anos na sua chegada à Austrália e não mais do que 18 anos e 6 meses de idade no último dia do programa;
  • Apresentar histórico acadêmico acima da média de seu país nativo, demonstrar comprometimento e ter boas recomendações da escola, não podendo ter nenhuma reprovação nos últimos 4 anos;
  • Estar cursando o ensino médio durante sua aplicação para o programa;
  • Ser maduro, flexível e capaz de se adaptar às diferenças culturais. Ter uma mente aberta, assim como o desejo de aprender coisas novas e encontrar-se com novas culturas;
  • Apresentar boa saúde física e mental. Qualquer condição especial deve ser comunicada à ETC antes da efetivação da matrícula para consulta prévia junto ao programa;
  • Ter um bom nível do idioma, sendo capaz de se comunicar em inglês com a família hospedeira e em seu ambiente acadêmico. Será aplicado, através da ETC, o teste ELTIS, que irá avaliar o nível de inglês do aluno.

Entre em contato com a agência mais próxima para saber mais:

Belo Horizonte         Salvador        São Paulo     Vitória