Qual a relação entre Brasil, França, Espanha, China e festa Junina?

Vinho quente, quentão, fogueira, milho e muitas outras coisas gostosas, tornam o mês de Junho, um dos melhores do ano <3 Mas, o que muita gente não sabe é: qual a origem da festa junina? Pois bem, se você faz parte da classe de pessoas que desconhecem as raízes dessa festa, bora que esse texto é para você!

No Brasil, os eventos juninos são uma mistura de costumes jesuítas portugueses, indígenas, franceses, espanhóis, caipiras e até chineses. As festas como conhecemos, homenageiam 3 santos: Santo Antônio (dia 13), São João (dia 24) e São Pedro (dia 29). Na Europa, segundo Lucia Helena Rangel, antropóloga da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) “(…) os cultos à fertilidade em junho foram reproduzidos até por volta do século 10. Como a igreja não conseguia combatê-los, decidiu cristianizá-los, instituindo dias de homenagens aos três santos no mesmo mês”. Já no hemisfério Norte, muitas festividades pagãs aconteciam na mesma época, visto que entre os dias 21 ou 22 acontece o dia mais longo e a noite mais curta do ano. Além disso, muitos outros povos antigos, aproveitavam o período para organizar rituais pedindo fartura nas colheitas.

“Anarriê” (en arrière) – ir para trás
“Anavantú” ou Alavantú” (en avant tous) – ir para frente
“Balancê” (balancer) – balançar o corpo
“Changê” (changer/changez) – trocar/troquem o par
“Otrefoá” (autre fois) – repetir o passo anterior
“tur” (tour) – dar uma volta

A Festa Junina foi trazida as terras tupiniquins através dos portugueses na época do Brasil Colonial; da França nasceu a dança, com marcações claras e características típicas da nobreza da época, já o costume de soltar fogos de artificio veio dos chineses que descobriram a pólvora para a sua fabricação e a dança com fitas, comum na Península Ibérica, chegou através de portugueses e espanhóis.

Aos poucos, todos esses costumes foram se misturando as referencias culturais brasileiras, comuns entre indígenas, afro-brasileiros, imigrantes europeus e foram se modificando segundo os costumes de cada região do país. Demais não é? A Festa Junina é a mais clara representação dos costumes que nascem através do intercâmbio de culturas, e falou intercâmbio, não podemos deixar de falar na ETC <3