Conheça a ilha paradisíaca no sul da Europa que está se tornando a maior atração dos intercambistas

Baixo custo de vida, riqueza de idiomas e cenários deslumbrantes: conheça as vantagens do intercâmbio para Malta

Escolher um país para fazer intercâmbio depende de vários fatores: idioma e cultura locais, oportunidades de emprego e estudos, além da posição geográfica que o país se encontra. Já pensou em ter todos esses fatores numa ilha paradisíaca europeia? Então esta é a sua oportunidade de conhecer e “intercambiar” em Malta. Este país do sul da Europa fica próximo a Sicília, na Itália.

Território milenar, com muita tradição, Malta tem uma população com pouco mais de 400 mil habitantes, o que torna um local tranquilo, seguro e muito bonito devido a sua posição privilegiada: fica a 288 quilômetros da Tunísia, na África, possibilitando visitar os dois continentes em viagens curtas. Abaixo, listamos as vantagens de você escolher Malta para seu intercâmbio. Confira.

Riqueza de idiomas

O maltês é a principal língua do país, englobando 98% dos habitantes. Contudo, o país conta com uma riqueza de idiomas incorporados a cultura: o inglês também é considerado língua oficial, o que torna o país um ótimo local para aprimorar este idioma. Mais da metade da população fala italiano e outra parcela utiliza o francês. Alemão e espanhol também são ensinados nas escolas, tornando Malta um misto de possibilidades para aprender a falar outros idiomas.

Tradição

Malta é um país que foi habitado há mais de 7 mil anos, tornando um dos territórios mais antigos da Europa. Com tanta história, você poderá conhecer templos, objetos de cerâmica e, claro, a arquitetura e a arte típicas da Europa representadas em casas, ruas, edificações de séculos e uma cultura que preserva suas fortes tradições religiosas.

Baixo custo de vida

Com poucos habitantes e um índice de desenvolvimento humano muito elevado, escolher Malta para fazer o intercâmbio é sinônimo de economia. Os alugueis e a alimentação, suas duas principais preocupações ao morar em outro país, estão abaixo da média de custo do restante da Europa. Caso deseje fazer uma boa economia em euros, esta pode ser sua melhor oportunidade.

Belezas naturais

Não apenas de estudo você irá viver. Conectar-se com a natureza, curtir praias e formações geológicas nos dão mais ânimo para seguirmos em frente. E como não ser atraído pela beleza de umas das ilhas mais bonitas de toda a Europa? E o melhor: é cercado pelo Mar Mediterrâneo e apresenta locais fantásticos, como a famosa ‘Lagoa Azul’ (literalmente desta cor) de Comino.

Faz parte da União Europeia

Estando em Malta, você poderá viajar por todos os países da União Europeia, tornando seu intercâmbio uma experiência múltipla. Os países mais próximos são a Itália, Grécia e Albânia, mas com tempo você poderá ir para grande parte dos territórios localizados no Velho Continente. Por sua posição estratégia, você ainda pode visitar a África e conhecer mais sobre as culturas de país como a Tunísia, Líbia, Egito e Argélia.

Clima e culinária agradáveis

Se o seu problema é com países que fazem muito frio ou calor e aqueles onde os pratos são um pouco exóticos comparados a nossa culinária, isto não acontecerá no seu intercâmbio em Malta. As estações são bem definidas: primavera e verão, outono e inverno mantém uma média durante suas ocorrências. O clima quente de Malta varia entre 29°C e 22°C. Nas épocas frias, a temperatura fica na casa dos 9°C aos 17°C, em média.

Já na culinária, as tendências sofrem influência das cozinhas britânica, italiana (siciliana, especificamente) e espanhola. A tendência geral é a utilização de frutos do mar, com deliciosas sopas e um cardápio riquíssimo extraído do Mediterrâneo. Massas e queijos também estão presentes. Há ainda a opção das comidas tradicionais de Malta, como o Imqaret, doce símbolo da nação, feito de massa e recheado com tâmaras.

Malta vem crescendo e se tornando um dos principais destinos dos intercambistas devido as suas condições climáticas, a cultura milenar e ótimo custo x benefício. Se ainda está em dúvida sobre onde fazer seu intercâmbio, que tal decidir por esta ilha paradisíaca da Europa?